Ajuda a Amazônia

Postagem : 16 de agosto de 2017

O governo da Noruega, maior doador do Fundo Amazônia, anunciou em junho que deve no próximo ano cortar pela metade as doações, pois o desmatamento da floresta vem  aumentando gradativamente. Mesmo com o apoio de outros países, o Brasil insiste em ameaçar a vida neste espaço nacional.

O mesmo descaso relacionado à vida da natureza que acontece no Brasil está presente também nos Estados Unidos. O presidente Donald Trump retirou o país do Acordo do  Clima de Paris, o maior acordo internacional sobre o clima da história. Este tratado exige metas a serem cumpridas pelos países-membros, com o fim de reduzir a poluição e o  desmatamento. Os Estados Unidos não querem cumprir, pois visa aos seus interesses comerciais.

É deplorável a situação brasileira, pois além da devastação crescente da Amazônia, está sendo desperdiçada a biodiversidade rica e incomparável. É importante comentar ainda  que na Baía de Guanabara continuam sendo despejados oito mil litros de esgoto sem tratamento por segundo e 90 toneladas de lixo por dia. Infelizmente, uma parte da natureza  está a morrer.

A Noruega e os países que fazem doações às florestas brasileiras devem sim, reduzir ou cortar o que oferecem, para que a atitude com a natureza brasileira seja mais valorizada.  Para que o planeta Terra e, principalmente, o Brasil continuem vivos, devemos lutar pelo respeito ao meio ambiente, com campanhas e penalidades a ações que prejudiquem a  natureza.

 

Autora Luiza Louvain Macedo. 13 anos. Aluna do Centro de Escrita Regina Magalhães.

 

Tema: Convivência com a vida e a morte do planeta Terra.