Blog

3 de junho de 2017

Idosos no trabalho


 

  As mudanças demográficas estão evidentes na sociedade contemporânea brasileira. Por consequência do avanço da medicina, a expectativa de vida da população passa por um grande crescimento. Todavia, além da grave crise econômica nacional, ocorreu a queda da taxa de natalidade, logo surgiu o desequilíbrio na sustentabilidade financeira que garanta a aposentadoria integral.

  Com o aumento da expectativa de vida, a permanência no mercado de trabalho também cresce. Grande porcentagem da população está insatisfeita com a possibilidade da atual Reforma da Previdência no Brasil. O aumento da carga trabalhista para quase o dobro, para que os trabalhadores possam se aposentar mostra a evidência de uma crise política e financeira nacional, uma vez que os cidadãos terão que trabalhar por muito mais tempo, sem que esses idosos possam ter bem-estar.

  Para se aposentarem, os brasileiros terão que trabalhar até terem todos os seus cabelos brancos. Esse fenômeno pode ser comparado ao período feudal. No Feudalismo, os trabalhadores deviam trabalhar com uma alta carga horária por longos anos e, muitas vezes, até a morte, com o intuito de ter renda e condições para viverem até o final da vida.

  Diante desses fatos, é possível notar a perplexidade desse tema contemporâneo brasileiro. Por isso, é necessário que o governo incentive as famílias a terem mais filhos, dando benefícios como é feito em alguns países europeus, para que assim, a taxa de fecundidade cresça, mas que ocorra o equilíbrio demográfico financeiro, para que os brasileiros possam ter o direito de se aposentarem ainda vivos.

 

   Autora: Amanda Maria Alves. Aluna do Centro de Escrita Regina Magalhães.

 

  Tema: A Previdência no Brasil está de cabelos brancos.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *