Alienação Infantil

Postagem : 16 de maio de 2018

A presença da Internet na sociedade é fundamental para o funcionamento do mundo hoje. Porém, crianças e adolescentes estão adquirindo problemas de saúde, comunicação e desenvolvimento por conta da ubiquidade dos tempos líquidos modernos.

A ubiquidade é uma palavra que vem do latim, significando “presente em todos os lugares’’. Essa é a sensação que tem a geração nascida, após os anos 90, porém está gerando uma alienação com a realidade. Algumas crianças não conseguem trocar palavras com familiares e amigos sem a presença de um celular ou outro artefato eletrônico, o que futuramente dificultará a interação social, já que é na infância que tais habilidades, como a comunicação são desenvolvidas.

Segundo o IBGE, a obesidade infantil aumentou mais de 20% nos últimos dez anos. Com o crescimento da quantidade de entretenimento infantil tecnológico, houve uma grande desestimularão para as crianças brincarem ao ar livre. Outro fator para o aumento da obesidade infantil é a forte propaganda feita na internet para crianças comerem alimentos que não são saudáveis, sendo o principal mecanismo de transmissão os “Youtubers’’.

O Youtube é um site que é inteiramente de vídeos e o público infantil no Brasil gera uma audiência enorme nos canais desse site. Milhões de crianças assistem a conteúdos inapropriados e que não condizem com a sua faixa etária. Doutores em Harvard, nos Estados Unidos, apontam mudanças comportamentais relevantes nas crianças que assistem a esses vídeos, seja na fala agressiva, na linguagem ou na tonalidade alta da voz.

A ubiquidade está gerando, realmente, uma parcela da sociedade desmotivada, preguiçosa e com tendência a desenvolver problemas de saúde. A maior participação dos pais, censurando os filhos, estimulando o exercício físico, a leitura e o desenvolvimento social seria uma forma eficaz de combater esses problemas. É de extrema importância ainda que essas dificuldades sejam contidas, para que as futuras gerações do Brasil não sejam vítimas da alienação digital.

Autor: Gabriel Monteiro. Aluno do Centro de Estudos Regina Magalhães.

Tema: As consequências da ubiquidade nos tempos líquidos modernos.