Democratização do esporte

Postagem : 10 de setembro de 2022

A importância do esporte para o desenvolvimento social e humano sempre foi reconhecido pelo homem que na Grécia Antiga celebrou os jogos precursores das Olimpíadas uma vez a cada quatro anos. Neste contexto, se por um lado, as vantagens das atividades físicas estão evidentes, por outro, o mundo moderno exigiu que as pessoas marginalizassem esta prática em detrimento de outras obrigações. Logo, surge um debate sobre a necessidade da democratização da prática esportiva como um importante fator para o aumento da qualidade de vida.

Deve-se reconhecer que, apesar de toda empolgação da sociedade brasileira para mais um ano da realização da Copa do Mundo, o sedentarismo é muito presente nesta nação. Acerca desta lógica, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o país mais sedentário da América Latina, levando a crer que o amor pelo futebol fica limitado à tela da televisão. Dessa forma, é observada a importância de estímulos à prática de esportes, mesmo no “país do futebol”.

Registre-se ainda que perdura, na população do país, um tabu em relação às mulheres no esporte, devido a um decreto assinado em 1941 por Getúlio Vargas, presidente na época, que considerava esta prática incompatível com a feminilidade. Sob este viés, mesmo após a regulamentação em 1983, ainda há um contraste entre o futebol feminino, com pouca visibilidade e patrocínio, enquanto o masculino tornou-se um fenômeno sociocultural. Diante disso, percebe-se que um aumento no incentivo ao futebol feminino é vital para aumentar a visibilidade e estimular mais esta prática.

Infere-se, portanto, que o esporte é um fator indispensável para o desenvolvimento social e humano e deve ser praticado por toda a população. Para tal, incentivos às atividades físicas devem ser promovidos pelo governo e pelas escolas, independentemente de gênero, a fim de facilitar a democratização da prática do esporte. Assim, a herança esportiva grega será celebrada, não só através das telas, mas promoverá um aumento na qualidade de vida dos brasileiros.

Autora: Monara Abreu Menezes.

Tema: A importância do esporte como fator de desenvolvimento social e humano.