Direção Caótica

Postagem : 23 de junho de 2018

O Brasil é um país, praticamente, abandonado. Com uma infraestrutura desequilibrada, investimentos de má qualidade e sem interação entre modais, o país é uma criança perdida na rua. Sem ter ninguém vigiando e cuidando, os caminhoneiros sequestraram toda a nação com a recente greve.

A greve dos caminhoneiros expôs o nó da infraestrutura de transporte brasileiro. Em apenas dez dias, o país enfrentou sinais de caos com desabastecimento, disparada de preços e falta de transporte público. De modo geral, a insatisfação comum dos caminhoneiros resultou em uma sociedade sequestrada e um governo refém.

Inquestionavelmente, a falta de planejamento de longo prazo e o baixo investimento no setor comprovaram a parcela de culpa do governo no congelamento da nação. Inclusive, 90% do valor do frete são gastos com produtos essenciais para que ocorra a viagem dos caminhoneiros, como combustível e pedágios.

René Descartes, filósofo francês, enfatizava: “Não existem métodos fáceis para resolver problemas difíceis.” A economia é um carrossel que nunca para de subir, descer e girar. Por outro lado, o carrossel está com um atual cenário caótico cujo fim está difícil de prever. Mas, o Brasil não pode mais ficar refém das inconstâncias sociais. Com as eleições chegando o futuro da nação está nas mãos do povo. Esta é a chance de trocar de cenário, não imediatamente, mas aos poucos. Como se vê, esta enorme criança precisa de alguém que cuide dela para girar no carrossel e não ver tantos sequestros sociais.

 

Autora: Bárbara Galiaço Iack. Aluna do Centro de Escrita Regina Magalhães.

 

Tema: A greve de caminhoneiros sequestrou a sociedade brasileira?