E agora, Lula?

Postagem : 1 de dezembro de 2010

Você que tem nome, que ama e protesta? E agora? E agora, você? Para onde irão seus abraços? Seu sorriso espontâneo que motivaram gargalhadas? E o otimismo permanente com as crises sociais?

E seus instantes de febre com o petróleo e o pré-sal? O consumo das classes C e D? A casa própria? A luz para todos? O PAC? O sim e o não? As irreverências… E agora?

Você que amou e protestou. A luz apagou. Se você gritasse, se você gemesse… Mas você chora, sorri e fala com ecos dos aplausos da multidão.

Chegou a hora da despedida, Lula. Com direito a entrega de faixa e da chave que segurava na mão. Onde estarão as novas portas? Iniciará um jejum? A festa acabou. A luz apagou. E agora, Luiz ou Lula? Você marcha, mas para onde?

(Parafraseando Carlos Drummond de Andrade)