Inalcançável resiliência

Postagem : 29 de outubro de 2017

A resiliência é a conquista dos objetivos de um indivíduo, porém nesse mundo hiperglobalizado o feixe de oportunidades para ser resiliente está diminuindo. Em verdade, há sociedades que limitam as chances de alcançar o sucesso individual de cada pessoa.

Em seu livro “A Cidade e as Serras”, Eça de Queiroz comenta: “Foi na cidade que findou sua liberdade”, mostrando que uma vida no campo é a ideal para a realização de sonhos. Por outro lado, Henry D. Thoreau, escritor norte-americano, compartilha dos mesmos princípios, os quais podem ser vistos no livro “Walden”, em que relata momentos da sua vida em uma cabana no meio da floresta. Ele fugiu da sociedade para ser de fato livre, feliz e resiliente.

George Orwell, escritor inglês, em seu livro “1984”, utiliza muito as ideias de seu mentor, Aldus Huxley, mostrando em sua narrativa um futuro, em relação a ele, distópico e ditatorial. O governo fictício opera com o intuito de restringir a liberdade de todos e, dessa forma, transforma a resiliência em uma ilusão, tirando a felicidade das pessoas e deixando-as em uma situação na qual elas viram quase máquinas.

“Quem controla o passado, controla o futuro. Quem controla o presente, controla o passado”. Nesse trecho de “1984”, o autor quer dizer, quando alguém retém muito poder, ele consegue manobrar tudo e todos. A atual conjuntura internacional revela que os agentes poderosos, não o deveriam ter pois, em geral,  brincam com a vida de muitos cidadãos, por meio até de ameaças nucleares, de forma totalmente irresponsável.

Em um mundo hiperconectado, no qual as escolhas de poucos influenciam na vida de muitos indivíduos, ser resiliente torna-se ainda mais difícil. Vivemos em uma sociedade em que o sucesso e a felicidade individual não dependem apenas de um indivíduo, mas de uma conjuntura social e de lideranças mais resilientes para que os cidadãos conquistem uma vida com mais realizações.

 

Autor: Tomás Miguel Bailez Viana. Aluno do Centro de Escrita Regina Magalhães.

 

Tema: Como ser resiliente neste complexo e, ao mesmo tempo, admirável mundo novo?