O mundo em suas mãos

Postagem : 3 de novembro de 2014

O mundo globalizado e interconectado permite que as pessoas compartilhem informações sobre suas vidas particulares. O problema é que muitos usuários usam o anonimato para difamar outras pessoas.
Um aplicativo chamado “Secret” causa indignação, em muitos indivíduos, pois através dele , internautas criam mentiras, fazem calúnias e até divulgam fotos íntimas. Outro ponto importante é o “cyberbulling” que denigre a imagem do outro , ameaça, humilha e afeta a boa convivência. Diversos advogados já entraram com um processo contra a Apple e o Gloogle, pois afirmam que este aplicativo viola as leis fiscais e o anonimato o que é proibido pela Constituição Federal.
Vale ressaltar que, no mundo contemporâneo, os relacionamentos amorosos duram menos tempo. Isso gera uma juventude solitária e, com isso, as possibilidades românticas acabam esquecidas, por causa de aplicativos virtuais, como “whats App”, “facebook” e “instagram”. É válido considerar que a internet influencia no comportamento das pessoas, pois com o dilúvio de informações que chega aos computadores, instantaneamente, as pessoas tentam aplicá-lo no seu comportamento social.
Diante deste cenário, percebe-se que o jovem contemporâneo possui, em suas mãos, informações sobre tudo e todos. Uma possível solução seria se os aplicativos fossem criados com a supervisão de órgãos governamentais, para que o “bulling” e a humilhação fossem contidos. Como alerta Rousseau, um filósofo do século XVIII: “O maior passo para o bem é não fazer o mal”.
Com esse verdadeiro labirinto de dados, imagens, sons e liberdade de expressão, que são vistos atualmente pelos jovens, é importante que os pais, as escolas e as igrejas ajudem na escolha de qual é o melhor caminho para que os relacionamentos.

Maria Clara Leixas Rangel. Vestibulanda.