Poema de sete faces – Carlos Drummon de Andrade

Postagem : 3 de junho de 2011

 Igreja de São Nicolau – Praga

(…)

Meu Deus, por que me abandonaste
se sabias que eu não era Deus,
se sabias que eu era fraco.
Mundo mundo vasto mundo
se eu me chamasse Raimundo
seria uma rima, não seria uma solução.
Mundo mundo vasto mundo,
mais vasto é meu coração.