Verdadeiro amigo

Postagem : 28 de agosto de 2013

As relações interpessoais sempre estiveram em grande enfoque no plano mundial. Não há como negar a importância de uma amizade na vida de qualquer um. Um bom amigo é aquele que sabe amar o próximo e respeitar a dor que os passantes levam consigo, mas, sobretudo saber ouvir.

Por meio dessa perspectiva, pode-se notar uma grande e evidente dificuldade em fazer amizades verdadeiras e prósperas. Não é surpresa se deparar com amizades falsas e mal formadas, nas quais somente o que importa é o bem pessoal. Um grande exemplo disso é a célebre frase dita pelo imperador romano Júlio César após ser traído por seu próprio filho: “Até tu Brutos?”

No entanto, não há como ignorar as verdadeiras amizades, aquelas que procedem ao longo do tempo e durar apesar das dificuldades. Certamente, existe a necessidade de um amigo, principalmente, para não se enlouquecer, pois há poucos registros na história mundial de pessoas que tenham vivido sem companhia alguma.

Por tudo isso, convém ressaltar as medidas que qualquer um deve tomar para ser e fazer bons amigos e a principal delas é a paciência, pois deve-se ouvir antes de falar. Apesar da dificuldade que se tem em amar o próximo, antes de si mesmo, isso não se faz como desculpa, mas é importante, acima de tudo, ter paciência e tentar sempre pois, somente assim, pode-se formar uma boa sociedade.

Gabriel José Manhães Pessanha. Vestibulando.